Entrou em vigor o novo marco legal de proteção a dados pessoais na União Europeia: quais reflexos para o Brasil?